Blog Post

Últimas do blog
31 Janeiro 2014

Guy Fawkes, o rosto dos Anonymous

Em 2013 o Brasil pode ver durante as Manifestações uma enorme quantidade de máscaras dos Anonymous. Isso poderia ser simplesmente um símbolo aleatório que significasse algo rebelde ou utópico. Entre tanto a máscara que virou Pop com os Anonymous e com o filme “V de Vingança” é uma referência a um personagem real da história da Inglaterra. O nome do rosto replicado nas máscaras é Guy Fawkes, e ele morreu justamente no dia 31 de Janeiro de 1606, há exatos 408 anos.

Até o lançamento do filme “V de Vingança” o rosto de Guy Fawkes era popular apenas no Reino Unido e em países próximos. Uma popularidade regional por assim dizer. Entretanto, como o filme é interessante e contou com bom elenco e uma boa direção, a imagem do personagem real se propagou mundialmente. Inclusive existe uma série de “Memes” engraçados com o rosto de Guy Fawkes. E foi a partir desses “Memes” que os hackers dos Anonymous decidiram que seria interessante usar o rosto peculiar como símbolo de suas causas.

O que pouca gente sabe é a história de vida de Guy Fawkes. Eu descobri coisas muito interessantes fazendo minhas pesquisas. Guy Fawkes viveu na Inglaterra do séc XVII. Na época os ingleses viviam um período conturbado que envolvia questões políticas e religiosas. Guy Fawkes fazia parte de um grupo de conspiradores católicos que estavam descontentes com a administração pública do reino inglês. O grupo pretendia derrubar o Rei Jaime I e Fawkes foi uma peça fundamental para a elaboração das ações rebeldes. Isso porque o rosto dos Anonymous é o rosto de um soldado que foi especialista em explosivos, uma especialidade bem útil para um grupo de rebeldes.

O objetivo dos conspiradores católicos era destruir o Parlamento e matar os principais figurões da corte inglesa. A data marcada para a explosão foi o dia 5 de novembro de 1605. Foi algo tão marcante para os ingleses que existe até uma cantiga britânica que faz referência ao episódio que não se concretizou. Alguns relatos de historiadores dizem que Fawkes foi a única pessoa que entrou no Parlamento com intenções honestas, mas é claro que existe uma visão um pouco idealizada das coisas. Mesmo assim, a forma como Fawkes foi capturado é muito interessante.

O grupo que queria destruir o Parlamento, mas percebeu que havia o risco de muitos inocentes morrerem na explosão e decidiram enviar cartas ao povo avisando para que fiquem longe do prédio do Parlamento no dia 5 de Novembro. O resultado foi que uma dessas cartas chegou ao conhecimento do Rei e antes que a sessão solene tivesse seu inicio, os guardas reais revistaram os porões do prédio e encontraram Fawkes com uma quantidade considerável de barris de pólvora. Ele estava determinado a detonar o Parlamento, mas o plano deu errado e ele acabou sendo torturado, esquartejado e ainda teve os pedaços do seu corpo exibidos em praças públicas No filme “V de Vingança” a explosão do Parlamento acontece, porém na vida real não passou de um objetivo “quase” concretizado.

Bom, agora vocês já sabem a origem da máscara Pop. O que cada um vai fazer usando ela é outra história para outro texto do Blog do ETNO.

Boa semana à todos
Iano Fazio

Deixe um Comentário

O Último Anjo // ETNO - As 7 Fronteiras
  1. O Último Anjo // ETNO - As 7 Fronteiras
  2. Diário da Morte // ETNO - As 7 Fronteiras
  3. Sétima Fronteira // ETNO - As 7 Fronteiras
  4. SobreViver // ETNO - As 7 Fronteiras